Categoria: Crônica

Pelos muros da cidade

Pelos muros da cidade

‍   Os muros pintados pela cidade mostravam cores que iam além da mera percepção ocular. As paredes que serviam de abrigo para aquelas mensagens anunciavam pinturas que pincelavam uma realidade invisível aos olhos de quem era cego por dentro. Manifestações gráficas de liberdade e de sentimentos que antes pertenciam apenas aos autores dessas mensagens, …

+ Ler mais

Esqueceram de Nós

Esqueceram de Nós

Lucas estava em uma tarde simplesmente espetacular. Ninguém do time adversário conseguia tirar a bola dos seus pés, pois o garoto tinha uma habilidade impressionante e passava pelos seus marcadores com facilidade. Os dribles eram constantes, assim como o sorriso estampado no rosto do menino. Não demorou muito para que conseguisse marcar seu 5º gol …

+ Ler mais

Hipnose

Hipnose

Como um zumbi, caminhando sem rumo Seguindo instintos sem distinção Distraído, impaciente e indeciso Às vezes parece a salvação da extinção Andar em reflexão pelas ruas vazias Sem cores, sem vidas Imerso em pensamentos sem fundamentos Enchimentos De pensamentos Sem fundamentos Alimente essa ocasião Aumente essa frustração E a mente, essa, causa destruição Evidentes, então, …

+ Ler mais

Efêmero

Efêmero

  Você já parou pra pensar no quão rápido as coisas mudam? E por mais utópico que isso possa parecer, uma só palavra altera toda a tua trajetória. Isso é, pra quem não acredita que tudo é predestinado. Você já parou pra pensar que nessas famigeradas voltas que o mundo dá, a gente pode acabar …

+ Ler mais

Crescer alguém na vida

Crescer alguém na vida

Uma frase, quatro palavras, quinze letras e uma responsabilidade enorme nas suas costas: “Ser alguém na vida”. Você já escutou esse enunciado antes, não é? Não precisa mentir, seu segredo estará guardado comigo. Relaxe, você não é o único. Todos nós já escutamos isso em algum momento de nossas vidas. Repetidas vezes, até. Desde que …

+ Ler mais

A ansiedade aos olhos da Ansiedade

A ansiedade aos olhos da Ansiedade

Mãos suadas. Dor de cabeça. Meu olho esquerdo parece querer saltar do meu rosto, como o da Noiva Cadáver, daquele filme do Tim Burton. Pés suados. Mais mãos suadas. Uma gota de suor escorre pelas minhas costas até encontrar um espaço confortável na curva da minha cintura. Pernas balançando, incansavelmente. Está tudo bem, não é …

+ Ler mais

Amigo

Amigo

Hey. Estive pensando em você nesses dias. Não sei o motivo, pra ser sincero; apenas vieram a minha mente lembranças dos momentos que passamos juntos até hoje; todas as risadas, descobertas, ajudas, enfim, tudo o que fizemos ou deixamos de fazer que, de algum modo, serviu para construir o pilar da nossa amizade. Talvez eu não …

+ Ler mais

A arte de ser sozinha

A arte de ser sozinha

Assumir essa postura de conforto e contentamento por gostar de ficar sozinha, nos dias de hoje, é quase um ultraje. Te coloca numa posição de arrogância aos olhos das outras pessoas quando, na realidade, você só está sendo sincera consigo. O mundo gosta de por os sentimentos em caixinhas. O seu não se cabe numa …

+ Ler mais

Apenas um bobo

Apenas um bobo

Devo ser um bobo. Guardei esse texto na esperança de que, pra ti, em algum momento, faria sentido. Vira e mexe me dominava uma vontade de expressar minhas emoções. Emoções que ninguém entenderia, ou, pelo menos, que eu não esperava uma boa resposta para esta manifestação. Sentimentos que reuni em forma textual. Nesse meio, as …

+ Ler mais

O pôr do só em cada sol

O pôr do só em cada sol

Quando abri os olhos, o sol já estava aparecendo.  Estava tão imponente quanto um rei frente a seus súditos. Observava aquele movimento com certa frustração, porque desejava ter dormido mais um pouco. Eram cinco horas da manhã, e o dia estava apenas começando. Aos poucos fui recuperando meu raciocínio lógico; quando eu acordo, não estou …

+ Ler mais